Empresarial

Showroom

A construção de instalações comerciais bem-sucedidas resume-se à criação de uma gestão integrada de edifícios adequada e ao melhor preço. A utilização de iluminação LED é um bom principio. Depois acrescentar a capacidade de controlar qualquer outro aspeto do ambiente de trabalho no local e em qualquer parte do mundo. A TELETASK redefine “flexibilidade” e a “totalidade de custos de serviço”.

 

Objetivo

Um showroom e um ambiente de escritório contêm diversas funcionalidades elétricas que podem ser integradas entre si. É uma tarefa diária na abertura e fecho, controlar um largo número de sistemas. Numa instalação tradicional são utilizados interruptores para controlar as luzes, tomadas de energia, portas e portões, ar condicionado, sistemas de distribuição de música, estores motorizados, persianas, etc. Estas tarefas não só levam tempo e funcionários envolvidos, como também se tornam muitas vezes complexas tendo influência na segurança e gestão energética dos escritórios, showroom, lojas e edifícios em geral. Ao integrar a maioria destas funções, os riscos e desvantagens diminuem enquanto a gestão do edifício pode ser feita por aquele que está destinado a esse trabalho.

Vantagens

Utilizar o Sistema de domótica TELETASK em showrooms com ou sem escritório e em áreas de serviço tem muitas vantagens.

Ao aceder ao edifício:

  • É dado acesso limitado com os cartões de proximidade de controlo de acessos. Não são usadas chaves tradicionais. Não é possível efetuar cópias.

  • Acesso limitado baseado no nível hierárquico e nas definições de gestão da cloud.

  • Acesso limitado baseado no dia/parte do dia.

  • O funcionário de nível hierárquico superior tem de estar presente antes de ser possibilitado acesso ao funcionário de nível inferior.

  • Quando há acesso automático à abertura da porta/portão as luzes ativam se tiver escuro, e as tomadas da parede também ativam (computadores, fotocopiadoras, máquinas de café/água e outros sistemas/equipamentos) por posto de trabalho.

  • Registo automático da hora de acesso do funcionário

  • A temperatura da divisão pode ser remotamente gerida no site central se necessário. Os funcionários locais não têm acesso (ou têm de forma limitada) às definições relacionadas com a energia.

  • Uma gama de lojas/escritórios/edifícios pode ser conectada ao sistema de gestão da CONTROL TOWER TELETASK tornando-a uma pequena rede inteligente (smart grid) de lojas/escritórios.

    Está incluída a gestão técnica de alarmes e outros serviços. A monitorização energética dos medidores inteligentes está disponível no site remoto.

 

No momento da abertura:

  • Só quando o funcionário com o nível hierárquico necessário (comercial) está presente é que as luzes e o aquecimento/arrefecimento do showroom são ativados no momento ou antes da hora de abertura.

  • Se o comercial/gerente de serviço não tiver chegado na hora de abertura, será gerado um alarme local e/ou por mensagem e/ou por e-mail ao gestor geral ou na central de gestão.
  • Os funcionários serão informados, através de um alarme acústico, de que o showroom irá abrir em 5 minutos (por exemplo).
  • As grades de Segurança estão abertas

  • O Showroom e outras portas, por exemplo acesso à receção, estão desbloqueadas.
  • A música de fundo e os vídeos de demonstração são ativados.

Durante o tempo de abertura:

  • Os painéis tácteis estão disponíveis para controlo manual de todas as luzes conectadas e outros sistemas.
  • O rececionista poderá ter controlo central de todo o edifício, incluindo câmaras, no ecrã do no seu PC.
  • Através do uso de cenários nos painéis tácteis ou no controlo remoto, as pessoas no showroom, ou remotamente, poderão acentuar/iluminar áreas especificas.

No momento do fecho:

  • O acesso ao showroom ou outras áreas é bloqueado a visitantes.
  • A iluminação desnecessária é regulada (toda de uma vez ou calmamente grupo por grupo)

  • As luzes são reguladas para desligar, o aquecimento/arrefecimento diminui ao fim de algum tempo. A musica para e os sistemas como as máquinas de café e outras tomadas ficam desconectadas.

Ao sair do edifício:

  • Todo o equipamento necessário é desligado, a energia é desconectada.
  • Ao ativar o Sistema de alarme todas as unidades e sistemas integrados podem ser definidas/reiniciadas, etc.

Após o período de fecho:

  • É dado acesso às equipas através da porta principal com cartões/chaves de proximidade e smartphone. Ao passar todos os acessos são registados.
  • As luzes podem ser: on-off/reguladas/animadas (simulação de presença e segurança).